quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Uma coisa de cada vez

Por Fernanda Santiago Valente


Depois que a casa desaba e a reconstruímos de outra forma, num outro lugar temos que levar em conta a adaptação. Muitas coisas foram deixadas pra trás sem a mínima possibilidade de recuperação. Olhar para o velho desanima e enxergar o novo, o que está diante a ti, lhe faz sonhar e recuperar àqueles sonhos que são só seu.
O que fazer primeiro se muitas coisas foram paralisadas? Como recomeçar? Como colocar tudo em ordem? É difícil sim, mas a sua força de vontade de correr atrás daquilo que pulsa o seu coração, o capacitará de conquistar. São pessoas que surgem do nada para compartilhar sonhos parecidos aos seus. É uma música que toca e lhe faz dançar. É uma palavra amiga que lhe incentiva.
Uma coisa de cada vez para renascer. Primeiramente limpar o coração e guardar dentro dele apenas aquilo que é capaz de construir e fazer bem a todos que o cercam. É necessário que o coração bata logo ao amanhecer, que bata forte em suas tarefas, que bata forte pelas pessoas, que bata forte em tudo que se propõe a fazer. Nada acontece se plantarmos a semente e deixarmos lá sozinha. Não! Temos que regar a semente e esperá-la crescer, no tempo dela. Toda semente precisa de amor. Por isso, cuide da que está em suas mãos neste momento...
Plante! Faça uma coisa de cada vez... quando menos imaginar, tudo florescerá. E todos os sonhos serão realizados. Sabe por quê? Porque você tudo pode...
E o coração é a casa que tem que ser limpa e reconstruída. Assim, tudo novo se fará...


4 comentários:

Alessandra disse...

oi Fer,realmente,por tudo que conversamos ontem,é isto mesmo que estou procurando fazer...regar as sementes e ter esperança sobre elas!Super beijo... ah,hoje levei no correio o livro de nossa sorteada Ana Karla,logo ela estará recebendo.. outro super beijo.

André Osbourne disse...

Parabéns pelo texto,ele é bem impactante e fala diretamente a nós,tipo hoje eu só textos referentes a humor,protesto,musica e esse textoveio no momento certo e trouxe uma paz,parece até texto Cristão,parabéns

Tia Ném disse...

Fernanda, hoje precisava ler um texto assim, e o encontro aqui. Lindo! Estou precisando muito regar as sementes e ter mais esperança.
Obrigada!
Bjos:

Anônimo disse...

Oi, Fernanda! Boa tarde.

Quando pensava que era esperto
Escutei de um louco:...Espere
Um "pôco"..."pôco" com "pôco"
si faz um "montão".

Hoje, vislumbro o seu texto escrito de maneira correta e vejo que o louco tinha, ou melhor, tem razão.

Talvez, inconsciente,tenha feito a esperançosa limpeza no coração.

Com muita consideração aquele abração.

Até mais...Saúde, Amor e Paz.

Luiz Augusto da Silva.

Olímpia - SP.