sábado, 23 de janeiro de 2010

São Vicente

Ontem, dia 22 São Vicente completou 478 anos, por ser a primeira cidade do Brasil, deixo aqui a minha homenagem (escrito exatamente no mês de dezembro de 2000, só não lembro a data)



Mar Vicentino
Por Fernanda Santiago Valente

Por essas ondas onde eu passo
Enxergo a vida e vivo ao entusiasmo
Carrego a alegria
Sinto o abraço
Do mar Vicentino
Tão lindo e iluminado
É uma poesia
É mais que um agrado
Preenche o vazio
Traz mil barcos
Para eu navegar
E continuar viver
A dançar ao pôr-do-sol
E cantar ao luar
Indo além dessas ondas
para sempre sonhar,
para sempre amar



Obs: Fotos retiradas do site da Prefeitura de São Vicente

4 comentários:

Ariana Braga disse...

eu amo as ondas do mar. Eu ficaria dias e dias só admirando o mar. com uma boa companhia então.

Kenia Chan disse...

O mar é inspiração.
É incrivel o que pode sair da nossa cabeça e coração quando a natureza entra pelos nossos olhos.

Carla Maia Garcias disse...

Gostei de tua poesia em homenagem ao Mar Vicentino, aliás, gosto de poesias, mas não sou poeta...
Aceguá fica há mais ou menos uns 200 Km de Pelotas.
Localiza-se na fronteira com o Uruguai, junto à cidade de Bagé.
Reparei que eras de origem portuguesa pelo sobrenome Valente (teu o de teu esposo?). Vais adorar Portugal, o rio Tejo vai ser grande inspiração para tuas poesias.
Um grande abraço de tua seguidora gaúcha.

Priscila Rodrigues disse...

Que linda poesia sobre São Vicente, lembro de uma amiga que mora lá e tenho tanta saudades.

Amo as águas tanto do mar como do rio e da chuva, limpa minha alma, me torna novamente pura.

Beijos, querida Fê.