sábado, 26 de março de 2011

Que porcaria de transparência?

Por Fernanda Santiago Valente

Um copo está cheio de água. A transparência aparenta a maior de todas as purezas, limpeza. Mas quem garante que aquela água transparente está realmente limpa? Hoje a moda é ser transparente. No meu ver quem diz ser transparente mente. Batem no meu peito: é o meu jeito, falo o que quero, sou assim, e daí?
_É! E daí? Será mesmo?
Pois é, vamos ser claros. Clareza no dicionário tem a ver com transparência, mas não significa ser totalmente transparente, concorda? Por acaso alguém consegue enxergar transparentemente o que ocorre realmente dentro do seu ser? Podemos ter a elegância de sermos claros, mas transparentes é pedir demais. Ah, meu amigo, penso que só Deus para enxergar a sua real transparência. Ninguém é transparente e pronto.
Transparecia pra mim é aquilo que é nítido, no sentido figurativo da palavra, o que mostra a candura, a pureza. Por favor, me diga, quem é assim?
Hoje o exemplo de transparência que temos é a sacanagem política. Todo mundo sabe que roubam mesmo. São todos transparentes. Basta apenas pesquisar suas fichas limpas. E quem está a fim de fazer isso?
Outro exemplo de transparência é a “Comédia Stund up”, a tal comédia de cara limpa. É cara limpa mesmo? Tem certeza? Já ri demais com esses caras da comédia, mas hoje, todo mundo parece que quer ser igual a eles, mas de um jeito sem medida, sem cautela, falando tudo o que pensa sem pensar no outro.
“Tudo virou piada. O ser humano é uma piada. A vida é uma piada. Somos transparentes!”
Onde está a compreensão meu amigo?
Ah lembrei, é melhor perder o amigo, que perder a piada. APLAUSOS PRA VOCÊ! Ria, humilhe, pise, bata no peito e não perca a pose da sua identidade, mostrando a sua transparência. Todos esqueceram da palavra perspicaz. Compreendeu? Perceber aquilo que ninguém vê. Hoje só consigo rir daquilo que é espontâneo. De resto? É pra chorar...

Um exemplo de “transparência” que presenciei semana passada:

_Hoje faz um mês que não como chocolates, estou me sentindo melhor
_Ah amiga, mas sua cara continua cheia de espinha. Eu sou “sincera”, “transparente”, falo a verdade.

(e lá se vai pro lixo a disposição de uma amiga que quer parar de comer chocolates, e ainda por cima, guardando um monte de mágoas no coração pela “sinceridade”, da outra pessoa)

Então, por favor, guarde essa sinceridade pra você! Por que será que o silêncio é uma virtude dos sábios? (mas aí já é outro assunto). Mas, transparência não tem nada a ver com sinceridade. Pense bem! Mais que transparente, perceba o outro. 

2 comentários:

Priscila Rodrigues disse...

Receba meus apalusos, amiga, eu não poderia me expressar melhor.

Eu já tive amigos assim, "transparentes", e hoje tenho poucos amigos, mas os que tenho me orgulho.

Já postei o selinho, amiga, vai lá pegar se quiser.

Um beijão e parabéns. Ótima terça.

Vicente Natividade disse...

Parabéns pelo trabalho no blog. Já estou seguindo.

Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar segui-lo, será uma honra.

Seus comentários também serão muito bem-vindos.

www.adonainews.com.br

Vicente Natividade