quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Homem do Campo

Hoje, publico com todo o carinho um poema de Luiz Augusto Silva, um poeta brasileiro que quer divulgar toda a sua sensibilidade aqui no meu blog. Parabéns Luiz, por homenagear os homens que trabalham no campo... lindo e digno. Deus te abençoe grandemente e fique a vontade para enviar mais poemas. Não é preciso formação acadêmica para escrever com a alma. Tudo o que vem do coração emociona. Eu me emocionei.



Homem do Campo

Por Luiz Augusto Silva

O sertanejo deixa a cama
Ausenta-se da choupana
O orvalho sobre a grama
É o sinal: do trabalho que o chama.
Chapéu com abas largas
Roupas já bem surradas
São as vestes usadas
Durante as duras jornadas.

Com as mãos calejadas:
Pela foice! Pela enxada!
Ferramentas usadas.
Necessidades saciadas.
Cai a noite! Retorna à cabana.
Leva lenha às costas,
Para esquentar o jantar.
Feliz! Olhos a brilhar!

Descansa alegre! A cantarolar.
Pensa: amanhã... Antes de o sol raiar,
Valtarei a trabalhar! A tudo recomeçar:

Para com honradez; minha família sustentar.
No caminho murmura:
Deus que nunca nada me falte.
Para que os meus filhos: possa eu amparar!

7 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Nossa Fernanda que sensibilidade.
Uma forma elevada de falar do trabalhador honesto.
Adorei.
Bom dia

Xeros

™Deka disse...

Muito bonito, com beleza e realidade!

Anônimo disse...

Solidariedade e gratidão não ocupam espaços! Engrandecem...

Fernanda, se acha lindo o meu poema...
Bela! Generosa! É a sua sensibilidade, que
Ao ilustra-lo com especial peculiaridade.
Aos vocábulos dá vida...Identidade...
Falando a verdade não sei nem o que dizer...
Quero lhe agradecer pela solidariedade.

Paz e bem! Que Deus lhe abençoe, também!

Abraços fraternos.

Luiz Augusto da Silva - Olímpia - SP

Anônimo disse...

Olá, prezada amiga. Bom dia!

É com muita felicidade que releio a matéria que sela o início da nossa sincera amizade.Que seja para sempre...nunca se desgaste... nunca acabe!

Abraços plenos de fraternidade.

Luiz Augusto da Silva.
Olímpia - São Paulo

Anônimo disse...

Será que acabou? Abraços fraternos para voce para o Fabian e para o David.

Anônimo disse...

Será que acabou? Abraços fraternos para voce para o Fabian e para o David.

Anônimo disse...

Será que acabou? Abraços fraternos para voce para o Fabian e para o David.