quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

O vazio

Por Fernanda Santiago Valente

Sabe aquele dia que você para e pensa, pensa, pensa e ao mesmo tempo não pensa? Pois é, estou assim. Ando pensando no vazio diário. Ando pensando no vazio das pessoas. Ai, como tudo isso me incomoda. Cada vez que olho para alguém vejo um fantasma. Vejo cada bicho horroroso. Tudo começa quando me olho no espelho, o susto é fatal! Ando pela casa e procuro o que fazer... Então leio. É, acabo lendo algo que me assusta mais ainda: “A hora da estrela”, de Clarice Lispector.
Termino de ler o livro e fico com a mocinha feia vagando em minha memória. Que final mais triste, que coisa mais horrorosa. Afinal, ela era simples demais, comum. Qualquer palavra diferente era linda. A palavra CULTURA era fenomenal para alguém que não possuía um mínimo de conhecimento. Observo, olho para as outras pessoas. Começo a pensar na vida do vizinho, na mulher maltratada que passa pela rua. Só penso em feiúra. Será que alguém é feio por que quer?
Eu achei a mocinha feia bonita. A beleza dela era interna. Ela não conhecia. Ela não sabia. Então, paro novamente e olho para os fantasmas internos. Ah, são muitos fantasmas. Ligo a televisão e vejo algo terrível: Uma mãe se apaixona pelo próprio filho.
E mais uma vez paro para pensar: O que pode ser mais feio que a falta de conhecimento? Vi que o feio é o vazio.
Novamente fui ao espelho e vi que só estava faltando um brilho, um retoque talvez. Bastou apenas pentear os cabelos, passar um batom e pintar os olhos. A aparência havia mudado. Coloquei um sorriso nos lábios e pronto. A primeira pergunta que ouvi foi a seguinte:
_Vai sair?
_Não, respondo.
_Então por que se arrumou?
_Eu não me arrumei. Estou com a mesma roupa. Eu só estava querendo espantar o fantasma, falei.
_Fantasma? Que Fantasma?
_Aquele que às vezes quer que eu fique feia, com cara de louca.
_Está certo!
Respondi assim para o meu avô e fiquei zanzando pela casa. O meu pensamento voava. Peguei uma revista de moda para ler e vi muitas mulheres bonitas, siliconizadas, fazendo dieta, eram aqueles assuntos idiotas que não dou muito valor. Aquelas da revista estão vazias de conhecimento. Falta algo. Falta a busca do eu. Quem sou? Para onde vou? Onde quero chegar? Talvez as pessoas estejam indo para o mesmo lugar. Querem ir ao encontro do mundo que não existe. A televisão, a revista, o jornal, a internet, o rádio são ilusões diárias, são tormentos que tentam me hipnotizar. Como eu queria ser igual a Fulana. São as frases que ouço. Nada mais. Não ouço mais nada. Carrego mil informações. Minha cabeça não para. E ao mesmo tempo, tudo o que penso não serve pra nada. Por que sou assim? Lembro da prostituta que não sabe porque se tornou prostituta. Queria ela ser atriz? Jornalista? Advogada? Encontrar um amor e ser feliz? Penso na prostituta e vejo uma poesia:
“O meu ponto é ali na esquina
Moro sozinha
Ninguém me ama
Por isso te espero na rua
Com a lua nua
Para ser tua
Em qualquer cama”
Não consigo pensar em nada mais vazio. Ah, sim. Consigo pensar em algo mais vazio. Penso nos adolescentes que tem pai e mãe. Penso naqueles que tem escola, comida e ainda conseguem reclamar da vida. Ouço frases bestas. “Escola é um saco”, “A professora é uma burra”, “Ah mãe, cai fora!”. É o vazio. Apenas o vazio.
E ainda pensando... Alguém me telefona. Era uma amiga que eu não conversava já há alguns meses. Ela me pergunta como é que consigo aturar o “mala” do meu esposo por tanto tempo. Ela chamou o meu esposo de “mala”. Mas sei lá, ela estava sem “mala” para carregar. Estava vazia, e com certeza, a procura de um “mala” como o meu esposo. A cada final de semana ela sai com um. Curte adoidado. Transa. O cara some e nem sequer telefona. E sobra, pois é, sobra apenas o vazio.
Não consigo mais parar de pensar no amor. Por onde ele anda? As pessoas querem o prazer. Querem apenas consumir por consumir. Ficar por ficar. Desejar o que é ilusão. Sonhar com o carro do ano, ir para as mais agitadas baladas, dar umas cheiradas, se embriagar talvez. E por aí vai. Vazio por vazio. As pessoas querem ser aquilo que estão vendo na televisão, na mídia. Querem viver de fantasia. Uma fantasia fatal, uma fantasia que não existe. Uma ilusão.
Repito mais uma vez, aquela mocinha do livro era bela. Ela não sabia...
Mas nós conhecemos. Vivemos na era da informação. Vivemos o vazio simplesmente porque está na moda ser vazio. São os fantasmas...
DEUS é o único que pode preencher o vazio... O AMOR

7 comentários:

Jordana Flávia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jordana Flávia disse...

Quando eu sinto um vazio procuro encontrar algo que eu possa fazer para ajudar alguém. Ajudar a fazer pessoas felizes acaba com qualquer vazio porque deixa a vida cheia de alegria!

Ariiana disse...

Fernanda.....
Depois da uma olhada nesse blog:
http://jp-folly.blogspot.com/
É de um amigo meu... Não deixa de conferir não. Você vai gostar;
Beijooos

Priscila Rodrigues disse...

Fê.. achei, simplesmente, perfeito.

Vou te dar um exemplo desse vazio, acontece comigo e com muitos por ai.

Sabe pq eu gosto tanto do mundo virtual?
Pq pessoas (não generalizando) são egocêntricas, críticas (não olham o próprio umbigo de como é sujo) e poucos tem a mente aberta para respeitar mesmo que seja somente o pensamento do próximo.

Aqui, como eu sempre digo, tenho minha liberdade de expressão, posso opinar e se criticar o que os olhos não vêem o coração não sente.

Pessoas feias tem de monte, fazendo filas para apontar o dedo, para invejar sua roupa, seu rosto, seu corpo.
Aqui não corro o risco de “olho gordo”, afinal, minha vida é um livro aberto somente em parábolas, pois o que eu passo ou sinto somente Deus para saber.

É um refúgio sim, uma possibilidade de vida, uma escolha, um lugar que só eu sei por onde estou. Prefiro assim.

Queria dizer mais, mas paro por aqui antes que escreva um livro.. rs rs.. mas adorei o texto todo. Parabéns!

Beijos..

joão thiago disse...

Amor, perfeito o texto. Você conseguiu se superar. Parabéns. Toca muito fundo mesmo nos nossos corações.

Bjim.

JT.

Luciana Paraiso disse...

Perfeito!
De verdade.

日月神教-向左使 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,性感影片,正妹,聊天室,
情色論壇