quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Quando de repente perdemos o foco

Você já se sentiu perdido alguma vez na vida? Perder de repente o foco de quem realmente você é? Pois é, ontem, eu me sentia assim. Fiquei pensando sobre os sonhos que eu tinha quando eu era criança e adolescente e fiz questão de anotar cinco talentos ou dons que sinto que tenho.
1 – escrever
2 – atuar
3 – desenhar
4 – elaborar projetos de comunicação (criação)
5 – ensinar

Estes são os dons que ardem dentro de mim, mas alguns deles estão parados. Em algum momento perdi o foco, e os deixei de lado. Amo escrever, mas de repente parece que as palavras não surgem. Estagnei! Sempre amei atuar, estudar vários textos, desenhar um personagem... mas, em algum momento, ouvi uma voz: pára com isso! Essas coisas são bobagens.
Quando foi que parei de desenhar? Eu adorava desenhar caricaturas, principalmente dos meus amigos. Parei!
O que eu mais tenho guardado na gaveta são projetos: pilotos de rádio, de TV, de comunicação. De repente também parei. Por quê?
Porque me disseram que esse mundo é muito concorrido e o meu nome não é nada conhecido. As vozes me disseram que eu deveria desistir.
O último dom que tenho é ensinar. Gosto de passar adiante os meus conhecimentos... e descobri isso, agora que sou professora de artes gráficas.

Dentro desses dons, os que mais ardem dentro de mim é escrever e atuar.

Para realmente confirmar se esses dons na minha vida são verdadeiros, perguntei aos meus familiares quais os cinco dons que eles enxergam em mim, desde a infância.

Meu irmão, na seguinte ordem, respondeu:

1 – escritora, pois gosta de escrever
2 – Professora, pois ensina bem
3 – Webdesigner porque sabe desenhar
4 – produtora, sempre gostou de TV
5 – fotógrafa porque adora fotos

Minha avó respondeu:

1 – escritora/poetisa
2 – desenhista
3 – professora
4 – atriz
5 – dançarina

Minha avó destacou que quando eu era criança, ganhar uma boneca de presente não me deixava feliz. O que abria o sorriso no meu rosto era ganhar canetas coloridas e lápis de cor...

Minha mãe:

1 – escrever
2 – artes em geral

Minha mãe só respondeu isso.

Depois disso, perguntei ao meu esposo:

1- Escrever
2- Atuar
3- Ensinar

Aí, ele me deu algumas outras qualidades que não coloquei aqui porque não são talentos, e sim, características da minha personalidade.

Perguntei também para uma amiga, e quatro adolescentes da igreja que não me conhecem tanto.

Minha amiga Kelly destacou que eu tenho o dom de ensinar.

Jéssica falou que tenho o dom de ensinar

Dayane também falou que tenho o dom de ensinar, também de dançar. (que não seja a dança das cadeiras. RS)

Para a Daniela, tenho o dom de ensinar, cozinhar e dançar.

Agora a Carol, não citou nenhum dom, apenas características da minha personalidade.

Enfim, conclui que os meus dons são coerentes e notáveis. Tenho que investir neles e jamais deixá-los enterrados.


Quando foi que você parou de acreditar em seus talentos?

6 comentários:

Fernando Gomes disse...

Ultimamente não tenho acreditado muito em meus talentos.

Como diz uma música que gosto: "...the word was on the street, that the fire in your heart is out...".

Preciso redescobrir meus talentos e minhas paixões, mas não faço a mínima idéia de como farei isso. Por enquanto 'the fire in my heart is out'.

Gostei do post.

Visite:
http://www.andisaidgoddamn.blogspot.com/

bob.loco Ah ViDa Eh lOcA mAnO!!! disse...

legal seu blog
parabens

Mr. X disse...

Continue, menina! Seu bem mais valioso são seus talentos e seus sonhos, nunca desiste deles, viva através deles, sinta através deles, viaje através deles...

Graças a Deus, descobri meu talento e meu sonho simultaneamente e o estimulo todo dia e não pretendo parar até que tudo que desejo se torne realidade. É muito importante nunca perder o foco, pois ao perdê-lo, você perde o contato com você mesmo.

Ótimo post!

http://ofatorx.blogspot.com/

TIAGÃO disse...

COMO DIZ A FIEL!
NÃO PARA! NÃO PARA! NÃO PARA! NÃO PARA!
PO FOCA NOVAMENTE MEU, CORRE ATRAS!
OU JA TEM OUTROS OBJETIVOS?
ALGUMAS VEZES EU PAREI, MAS SEMPRE EU VOLTO A ACREDITAR!

fela_geo disse...

é muito difícil a pessoa conseguir se foca em algo

Luciano disse...

Eu tropeço nos meus talentos logo cedo, só não sei administra-los muito bem no quesito $$$...